Residentes dos EUA agora podem pagar por serviços de Passaporte usando Bitcoin

O Bitcoin (BTC) percorreu um longo caminho em termos de adoção, e não apenas no setor privado. Novas histórias de adoção da Bitcoin Future no setor de serviços públicos se tornaram bastante freqüentes nos últimos anos. A partir de então, os residentes dos Estados Unidos poderão agora pagar por serviços de passaporte selecionados usando BTC.

De acordo com um anúncio de 11 de novembro do Peninsula Visa, um expedidor de passaportes e vistos baseado nos EUA, a firma agora aceitará pagamentos da BTC por serviços como o pagamento de renovações de passaportes, mudanças de nome e segundos passaportes.

O expedidor descreve a recente mudança como „a mudança certa no momento certo“

Os pagamentos da BTC serão facilitados pela Coinbase Commerce, que também suporta uma variedade de outras moedas alternativas, mas o recente comunicado à imprensa não menciona nada além de Bitcoin. A empresa baseada no vale do silício afirma que está planejando expandir os serviços de passaporte que oferece para a Bitcoin durante os próximos 12 meses.

O COO da Península Visa Evan James observou que a decisão desta empresa aceita que a BTC foi baseada em previsões de que um mundo pós COVID dependeria mais das formas digitais de pagamento. Bitcoin se tornou uma das maiores alternativas para empresas e negócios multinacionais quando se trata de usá-la como uma forma de pagamento ou apenas como um ativo.

Quando se trata de abordar a questão da alta volatilidade da BTC, a agência fornecerá uma janela de pagamento onde a taxa de câmbio será bloqueada por dez minutos. A empresa notifica que, dependendo do movimento de preços do BTC, a empresa poderá fornecer uma nova taxa de câmbio após este período.

Adoção de Bitcoin no Setor Público

James também destacou o fato de que o Peninsula Visa é o primeiro a oferecer serviços de passaporte americano com Bitcoin. No entanto, não é o primeiro a oferecer isto quando comparado globalmente.

Como relatado anteriormente pelo The Daily Chain, o governo venezuelano também começou a aceitar o pagamento de Bitcoin para processos de Passaporte. A opção estava disponível apenas para candidatos de fora da Venezuela. A mudança foi o esforço do governo para contornar os desafios de pagamento transfronteiriço e uma série de sanções econômicas por parte do governo dos EUA.

Enquanto isso, os residentes da Austrália podem usar o Bitcoin para pagar por vários serviços em 3.500 correios australianos. Ultimamente, o mundo está vendo um número crescente de locais físicos oferecendo-se para vender moedas digitais como a BTC. Lojas de varejo em todo o mundo começaram a criptografar a venda com mais de 8000 unidades de caixas automáticos Bitcoin instaladas em todo o mundo.

What are the risks of lending with cryptosystems?

Like any loan, loans with crypto currencies involve risks. But are they enough to rule out the idea? Find out the answer from some of the founders of various crypto-lending platforms.

Decentralized financial lending allows users to lend their crypto assets in exchange for interest returns. The nature of cryptographic assets allows anyone to lend their assets on different platforms at minimal cost.

To elaborate on this, we have summarized some of the discussions during the Indonesia Blockchain Week 2020. In this session participated Justin Sun (Tron), Wei Zhou (Binance), John Izaguirre (Ontology), Stani Kulechov (Aave), Brian Condenanza (Bidao), David Truong (Aave) and Vishakh (Cryptonomic). This panel was moderated by Wei Zhou.

Binance will invest in Tokocrypto, Indonesia’s first exchange

The risks involved in lending with crypto-currencies
In this section of the panel, the experts discussed the risks of lending money through crypto-currency. They were also asked how they would deal with that risk.

The first to respond was Kulechov. He commented that it is very common in these crypto loan systems to be asked for a deposit that can be taken in case the loan cannot be returned.

He added that they have risk frameworks that consider each token individually, as each token has different and unique risks. In addition, they have different risks considered such as market risk, liquidity risk, among others.

Market risk applies in case the token is volatile, while Liquidex risk applies in terms of how fast you can have liquidity at a time when markets are going down.

„The funny thing is when we have events like Black Thursday. I think those events will come in the future, but the response to them depends on what risk framework you are applying,“ Kulechov said.

Condenanza said that „there are risks in terms of being the counterparty to the loan, but that’s what we use collateral for.

However, he noted that his short-term concern is the rapid growth of DeFi. More than anything, he is concerned that this growth is so rapid that it could become a DeFi bubble.

„I think it’s good that it’s going fast, but it’s also worrying and makes you think there’s something risky about it. The loan with crypto is not the safest thing, but I think it’s a good risk in terms of the returns you can get,“ he concluded.